Gao Rap – Hip Hop from Northern Mali

A Sahel Sounds é um selo que brilha muito lançando música da região do Sahel, faixa da África entre o Sahara e as savanas, botando na roda desde sons tradicionais até o que de mais novo rola na música urbana. As duas coletâneas Music From Saharan Cellphones que o selo lançou já viraram clássicos, por exemplo. Vale explorar o catálogo todo. Um dos lançamentos mais recentes deles é esse Gao Rap – Hip Hop from Northern Mali, que registra sons que saíram nos últimos dez anos, garimpados em trocas de MP3s.

 

 

Rocky Marsiano – Meu Kota

O produtor português tem errado muito pouco em seus lançamentos recentes, que misturam eletrônica com elementos de Cabo Verde, Angola e Brasil. Em junho, ele lançou mais um EP, que tá bem legal por sinal.

Eres Una Bomba

O MC de Montreal Boogát é filho de pais latinos e se restabeleceu no México onde tem trampado com produtores locais (ou que também mudaram pra lá, como os argentinos Frikstailers). Seu novo single é das coisas mais dançantes que ele já fez. Segura.

 

Beating Heart Music

O selo Beating Heart Music surgiu no ano passado com uma proposta nobre. Eles disponibilizam field recordings de diferentes países africanos para que produtores façam faixas e remixes, que são lançadas em coletâneas divididas por país. O mais legal é que renda dessas coletâneas vai para a comunidades onde os sons foram originalmente gravados.

O primeiro lançamento foi com sons do Malaui e rendeu uma compilação de 21 faixas, contando com pesos pesados como Machinedrum, Clap! Clap!, Ibibio Sound Machine e Luke Vibert. Se liga:

A segunda, um EP, acaba de sair e tem como tema a África do Sul. Entre os participantes, estão os favoritos da casa Busy Twist. Tá aqui

Ennanga Vision

Colaboração do produtor inglês Jesse Hackett com o multiinstrumentista Albert Ssempeke, de Uganda. Instrumentos típicos e eletrônica torta desconstruindo música tradicional do país. Acaba de sair pela Soundway Records.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑